Leia também:
X Aras anuncia ‘providências para proteger’ diretores da Anvisa

Gilmar Mendes sai em defesa de técnicos da Anvisa: “Vergonha”

Ministro do Supremo conclamou as autoridades policiais

Monique Mello - 20/12/2021 13h28 | atualizado em 20/12/2021 14h40

Ministro Gilmar Mendes Foto: EFE / Joédson Alves

Em meio à polêmica aprovação da aplicação da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, o ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF) engrossou o coro contra a “perseguição” aos servidores da Anvisa.

O magistrado se manifestou nas redes sociais, conclamando as autoridades policiais a investigarem e garantirem a segurança dos mesmos e de suas famílias.

– A perseguição aos técnicos da Anvisa é uma vergonha nacional. Mostra como o discurso do ódio chegou a níveis alarmantes no país. Aos servidores da agência, expresso minha solidariedade” – escreveu Mendes em seu perfil no Twitter.

A Anvisa alega que funcionários têm sofrido ameaças e intimidações através de redes sociais e que encaminhou ofícios ao procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras, ao Ministério da Justiça, ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e à Polícia Federal.

Augusto Aras, inclusive, informou ter determinado a “adoção de providências” para “assegurar a proteção” dos diretores do órgão.

Leia também1 Aras anuncia 'providências para proteger' diretores da Anvisa
2 Advogado quer afastamento e prisão de diretores da Anvisa
3 Queiroga sobre vacinar crianças: “Pressa é inimiga da perfeição”
4 Anvisa diz que recebeu novas ameaças e pede proteção policial
5 Bolsonaro sobre vacina infantil: 'Inacreditável o que a Anvisa fez'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.