Leia também:
X Lula diz que ultrapassar teto de gastos é investimento

Gettr cobra STF para ter acesso ao processo contra Zambelli

A deputada federal teve suas contas removidas de nove redes sociais

Leiliane Lopes - 09/11/2022 19h48 | atualizado em 10/11/2022 10h49

Gettr Foto: Reprodução

A rede social Gettr quer ter acesso ao processo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou a remoção da conta da deputada federal Carla Zambelli da plataforma.

Para isso, a empresa sediada nos Estados Unidos acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) dizendo que o motivo da decisão não pode ficar em sigilo.

– Não se pode haver sigilo para quem é efetivamente legítimo interessado ou parte na causa – diz trecho da ação apresentada à Suprema Corte brasileira.

Para a direção da Gettr, não ter acesso ao processo “inviabiliza até mesmo a escolha do mecanismo de defesa a ser utilizado”.

Além da conta de Zambelli nesta rede, o perfil da parlamentar também foi removido do Facebook, do Instagram, do Twitter, do TikTok, do LinkedIn, do YouTube, do WhatsApp e do Telegram a pedido do TSE.

Criada pelo ex-assessor do ex-presidente dos EUA Donald Trump, a Gettr tem a liberdade de expressão como defesa principal e é utilizada especialmente por conservadores que são perseguidos e silenciados em outras redes sociais.

Leia também1 Lula diz que ultrapassar teto de gastos é investimento
2 Lula se reúne pela primeira vez com ministros do STF após eleição
3 Cotado para Fazenda, Haddad diz não saber sobre economia
4 Gilmar determina desbloqueio de valores de Lula na Lava Jato
5 Morre Rolando Boldrin, o senhor Brasil, aos 86 anos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.