Leia também:
X Pais perdoam motorista que atropelou e matou o filho deles

Gabriela Prioli é ‘cancelada’ por comparar caso Mari Ferrer a Lula

Internautas não gostaram de comentário "relativizando" o caso

Gabriela Doria - 03/11/2020 19h22 | atualizado em 04/11/2020 10h20

A apresentadora e comentarista Gabriela Prioli, da CNN Brasil, foi criticada nas redes sociais após comparar o caso da blogueira Mariana Ferrer, que viu seu estuprador ser absolvido porque cometeu o crime “sem intenção”, ao caso da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em uma sequência de publicações nos stories do Instagram, Gabriela pede “coerência” e “mais razão e menos emoção” às pessoas que estão criticando absolvição. Ela admite que não conhece o processo todo, mas diz que, tecnicamente, é possível usar o termo “estupro culposo”.

– Não existindo na lei a previsão de estupro culposo (sim, a conclusão é a mesma que vocês estão adotando!) o acusado não responder por nada, pois o erro exclui o dono. Ou seja, a argumentação não CRIA um tipo novo, senão diz que, inexistindo prova suficiente para concluir pelo estupro de vulnerável, não pode substituir a responsabilização pelo crime culposo pq ele não existe – afirmou.

Ciente de que suas declarações podem ser mal recebidas, Gabriela diz também que se “sensibilizou” com a situação de Mari Ferrer, mas que, “como técnica”, deve expor uma visão analítica do caso.

– Eu entendo que vocês, sem o conhecimento técnico, achem difícil separar a emoção da razão nesse caso. Acreditem, eu me sensibilizo muitíssimo também, mas, como técnica, eu preciso dizer a visão técnica – afirmou.

Para sustentar a defesa a favor do Ministério Público, que foi o responsável pelo pedido para inocentar o empresário André Aranha, Gabriela citou o caso do ex-presidente Lula.

– Tanta gente defendendo que ele não é o culpado mesmo depois da opinião da polícia, do Ministério Público e do Judiciário em mais de uma instância. E agora, nesse caso, a opinião da polícia é suficiente? – questionou.

As publicações revoltaram ainda mais aqueles que já estavam indignados com a situação de Mariana. Uma internauta acusou Gabriela de “passar pano” para o agressor.

– E a Gabriela Prioli que apareceu pra passar pano no caso Mariana Ferrer? Vejam os últimos stories dela no Instagram, antes que ela apague. A criatura enfiou até o Lula no meio – escreveu.

Leia também1 Gilmar sobre Mari Ferrer: 'Cenas da audiência são estarrecedoras'
2 Weintraub se revolta e declara: "Estupro culposo não existe"
3 Caso Mari Ferrer: CNJ vai apurar conduta de juiz diante do fato
4 Caso Mari Ferrer: Web se revolta com absolvição de empresário
5 Web protesta contra caso de homem que engravidou criança

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.