Leia também:
X Candidatos não poderão ser presos a partir deste sábado

Filho processa Bruno por morte de Eliza e pede R$ 6,4 milhões

Caso corre em segredo de Justiça, na 6ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul

Pleno.News - 16/09/2022 09h32 | atualizado em 16/09/2022 12h25

Goleiro Bruno Fernandes Foto: Reprodução/SBT

Bruninho, filho de Eliza Samudio com o goleiro Bruno Fernandes Souza, está processando o pai pelo assassinato da mãe. Na ação, o menino de 12 anos pede indenização por danos morais e materiais de R$ 6,4 milhões. As informações são do Notícias da TV.

O caso corre em segredo de Justiça, na 6ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, estado em que Bruno mora com a avó materna.

O filho de Bruno quer um pagamento mensal de pensão até que ele complete 25 anos, em valor a ser definido pela Justiça. Ele pede ainda que o valor da indenização por danos morais seja depositado na conta de sua avó imediatamente após a sentença.

Sonia Moura, recentemente, já havia acionado a Justiça para pedir a prisão de Bruno pelo não pagamento de pensão alimentícia.

O goleiro fez uma vaquinha para arrecadar dinheiro para pagar a pensão alimentícia, mas tem sido acusado de sumir com R$ 20 mil.

Já a respeito da indenização solicitada por Bruninho, a defesa de Bruno argumenta que o valor é excessivo e solicitou ainda tutela antecipada para impedir penhoras de bens, alegando que o goleiro não tem mais nada para ser leiloado. No entanto, esse pedido não foi aceito pelo juiz Daniel Della Ribeiro, que mandou Bruno juntar testemunhas para provar o que diz.

Leia também1 Richarlison contesta uso político da camisa da seleção
2 Tenista Roger Federer anuncia aposentadoria aos 41 anos
3 Atleta de rúgbi chama Elizabeth II de "cadela burra" e é suspensa
4 Falcão comenta decisão de Luva de Pedreiro sobre fim de carreira
5 Luva de Pedreiro anuncia fim da carreira de influenciador

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.