Leia também:
X Colégio que leva o nome do pai de Bolsonaro é inaugurado

Famílias brasileiras irão acolher refugiados no Natal

Projeto é uma iniciativa da ONG Migraflix, de São Paulo

Jade Nunes - 17/12/2018 11h35 | atualizado em 17/12/2018 13h03

Venezuelanos em um acampamento em Manaus Foto: Folhapress/Futurapress/Edmar Barros

Pelo segundo ano, a ONG Migraflix, de São Paulo, faz uma campanha para que famílias brasileiras recebam refugiados para a ceia ou o almoço de Natal. A instituição sugere aos convidados que levem um prato típico de seu país para, dessa forma, trocar experiências.

A família de Pedro Henrique Alves Torres, de 31 anos, dono de uma empresa que faz marmitas, abrirá as portas de sua casa neste ano para receber a família da venezuelana Yilmary de Perdomo, de 36 anos.

– Todos os dias se vê o sofrimento de pessoas refugiadas seja entrando pelo Norte do Brasil e chegando em Roraima, seja se arriscando em barcos no Mar Mediterrâneo, fugindo de guerra. Para uma pessoa fazer isso, largar tudo o que tem para ir para onde não conhece ninguém, tem de estar muito desesperada. Eu me coloco no lugar dessas pessoas e é o mínimo que minha família pode fazer – afirmou Pedro à Folha de S. Paulo.

Já o diretor da Migraflix acredita que o mais importante dessa experiência é “ver as pessoas descobrindo que há mais coisas em comum entre elas e os refugiados/migrantes do que elas imaginam”.

Para participar do projeto é necessário se cadastrar no site da Migraflix.

Leia também1 Colégio que leva o nome do pai de Bolsonaro é inaugurado
2 Guarda Municipal começa a utilizar armas de choque no RJ
3 Kleber Lucas promove Natal solidário em favela do RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.