Leia também:
X Caso Marielle: Marco Feliciano repudia o espetáculo

Fachin: “Espero que habeas corpus de Lula encerre dia 4”

Ministro do STF disse que já tem seu voto pronto no caso

Henrique Gimenes - 29/03/2018 15h58

Ministro Edson Fachin disse esperar que julgamento do habeas corpus de Lula se encerre no dia 4 Foto: Agência Brasil/José Cruz

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou, nesta quinta-feira (29), que espera que o julgamento do habeas corpus do ex-presente Luiz Inácio Lula seja concluído na próxima semana. A declaração foi dada durante participação em evento na cidade de Rondinha, no Paraná. As informações foram dadas pelo portal G1.

O Supremo iria julgar o pedido de Lula na última quinta-feira (22), mas decidiu adiar a decisão para semana que vem. Com isso, a Corte ainda impediu que o ex-presidente pudesse ser preso ao ter seus recursos esgotados na segunda instância. Como o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou os recursos de Lula na segunda-feira (26), seu pedido de prisão depende do STF. Fachin disse já ter seu voto pronto.

– Vai iniciar a sessão e vou apresentar o meu voto, que já tenho pronto. Aliás, até para dar mais celeridade ao julgamento, fiz chegar aos colegas uma cópia da minuta que proponho a deliberação do colegiado e, assim que eu votar, os demais ministros proferirão seus votos. Esperemos que se conclua o julgamento na própria sessão – destacou.

Em janeiro, TRF-4 manteve a condenação no processo relativo ao tríplex do Guarujá e aumentou a pena para 12 anos e um mês. O juiz Sérgio Moro, havia condenado o ex-presidente a nove anos e seis meses no ano passado. Na acusação, o Ministério Público Federal (MPF) afirma que o Lula teria recebido propina da empreiteira OAS por meio do imóvel localizado no Guarujá, em São Paulo. Ele é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O ex-presidente, no entanto, nega as acusações.

Leia também1 Caso Marielle: Marco Feliciano repudia o espetáculo
2 PF prende ministro de Dilma Rousseff e ligados a Temer

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.