CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Deputado obtém liminar para realizar cultos na pandemia

Ex-repórter da Globo é alvo de suspeita em fraude na Saúde

Daniela Assayag ficou 18 anos na emissora

Gabriela Doria - 05/07/2020 21h52 | atualizado em 06/07/2020 08h52

Daniela Assayag ficou 18 anos na Rede Globo e 4 na Record TV Foto: Divulgação

A ex-repórter da Rede Globo Daniela Assayag, que ficou na emissora por 18 anos, reapareceu no Jornal Nacional, desta vez envolvida em uma suspeita de fraude na compra de respiradores no estado do Amazonas.

Daniela, que acaba de pedir exoneração da Secretaria de Comunicação do Amazonas, é casada com o médico Luiz Carlos Avelino Júnior, apontado como sócio da Sonoar Equipamentos, empresa suspeita vender respiradores superfaturados para a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam). Avelino teria 50% das ações da Sonoar.

A aparição da jornalista não passou despercebida pelos telespectadores. Ela assinou inúmeras reportagens especiais que passaram nos noticiários nacionais da Globo, como Jornal Hoje, Globo Repórter e Jornal Nacional.

Assayag foi contratada da Rede Amazônica, afiliada da Globo, entre os anos de 1995 e 2013. Depois disso, ela ficou quatro anos na TV A Crítica. Ela era secretária de Comunicação do estado desde o ano passado.

A jornalista pediu exoneração da secretaria após a repercussão do caso.

– Acredito que minha saída da Secretaria de Comunicação permitirá que a apuração dos fatos ocorridos na última semana possa se realizar com seriedade e profundidade – afirmou Daniella Assayag em nota publicada no Facebook.

Leia também1 José de Abreu é condenado por fake news contra Bolsonaro
2 Morre Leonardo Villar, ator do filme O Pagador de Promessas
3 Novela Fina Estampa amarga pior índice de audiência
4 Ex-paquito da Xuxa realiza obra missionária na África
5 Bolsonaro celebra transmissão do Flamengo: "Alforria"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo