Leia também:
X “Quando o nome de Deus é exaltado, o inferno se levanta”

Ex-morador de rua vai processar o Instagram: “Cabeças vão rolar”

Perfil oficial de Givaldo Alves foi banido da plataforma

Monique Mello - 19/04/2022 17h59 | atualizado em 20/04/2022 10h36

Givaldo Alves, ex-morador de rua Foto: Reprodução/Record TV

O principal perfil no Instagram de Givaldo Alves foi banido da rede social desde o último sábado (16). Ex-morador de rua do Distrito Federal, Givaldo alcançou popularidade nacional ao se envolver em polêmica com a mulher de um personal trainer no mês passado.

O perfil do ex-mendigo e agora influenciador digital já estava com 477 mil seguidores e era o canal usado para ele negociar publicidades e parcerias. Seus advogados pretendem estipular a indenização em até R$ 300 mil, devido ao fato de que Givaldo deixa de ganhar cerca de R$ 30 mil por semana com o perfil bloqueado.

Após saber do bloqueio de seu perfil, Givaldo publicou um vídeo em que diz que “cabeças vão rolar”.

– Cabeças vão rolar. Aguardem! Já que derrubaram minha conta lá no vizinho [Instagram], vou tirar uma folga até voltar – postou no TikTok, onde acumula 727 mil seguidores.

– Podem tentar, mas a gente que viveu nas ruas aprende que cada dia é dia. Força e coragem a todos os que torcem por mim – completou Givaldo, sem explicar o motivo de ter tido o perfil no Instagram bloqueado.

Leia também1 Ex-morador de rua é criticado e decide processar influenciadora
2 Mendigo do DF diz que é eleitor de Bolsonaro: "Votarei outra vez"
3 Constantino: "Mendigo tem mais discernimento que jornalistas"
4 Anitta estrela Dia das Mães no Magalu, e web reprova
5 Professor contra a ideologia de gênero receberá US$ 400 mil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.