Leia também:
X Com Alcolumbre, CCJ tem pior produtividade em cinco anos

Ex-loira do Tchan é promovida na PRF, recebe críticas e rebate

Silmara Miranda foi empossada na corporação há apenas um ano

Gabriela Doria - 05/11/2021 09h47 | atualizado em 05/11/2021 15h39

Silmara Miranda foi empossada na PRF há um ano Foto: Arquivo pessoal

Ex-dançaria do grupo É o Tchan, Silmara Miranda, de 40 anos, que hoje é formada em Jornalismo e concursada da Polícia Rodoviária Federal (PRF), está gerando polêmica dentro da corporação. Isto porque a servidora, empossada há apenas um ano na PRF, foi nomeada para um cargo de confiança no setor de comunicação social do órgão, no dia 21 de outubro.

Internamente, colegas estão chamando a situação de “ascensão supostamente meteórica”, sugerindo que Silmara tenha sido privilegiada de alguma forma. As críticas fizeram com que a ex-dançarina se manifestasse nas redes sociais.

– Para esta função, não existe absolutamente nenhum critério de antiguidade, sendo um cargo de livre nomeação e exoneração – explicou a policial rodoviária.

Ainda segundo a servidora, a chance de transferência para Brasília foi oferecida a todos os policiais da PRF, em processo seletivo interno iniciado em 22 de fevereiro deste ano.

– No entanto, apenas 10 se inscreveram manifestando a vontade de morar na capital federal – disse.

Silmara ainda declarou: “A ausência da verdade teve o objetivo de denegrir a minha imagem e anular todo o esforço que fiz para chegar até onde cheguei”.

– A vontade de desempenhar um bom trabalho com iniciativa, proatividade e boa comunicação certamente ajudou na escolha para o cargo – citou.

Silmara Miranda atuou como a “loira do Tchan” entre os anos de 2003 e 2007, ao substituir a dançarina Sheila Mello.

Leia também1 Pastor protesta contra Doritos por causa de comercial LGBT
2 Filme da Marvel com beijo gay é banido em países do Golfo
3 STF impõe multa a quem passar trote em telefones emergenciais
4 'Com 5G, indígenas mostrarão a verdade da Amazônia para a Europa', diz Bolsonaro
5 Coren-AM investiga técnico acusado de estuprar grávida

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.