Leia também:
X Oposição vai ao STF contra Bolsonaro por vacina a crianças

EUA identificam 3 membros da Al Qaeda vivendo no Brasil

Eles foram incluídos em lista de sanções econômicas do governo norte-americano

Gabriela Doria - 22/12/2021 22h06 | atualizado em 23/12/2021 12h01

Presidente dos Estados Unidos Joe Biden anunciou sanções contra membros da Al Qaeda Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (22) que identificou três estrangeiros suspeitos de integrar a organização terrorista Al Qaeda vivendo no Brasil. Eles são suspeitos de financiar e apoiar o grupo radical islâmico. Os Estados Unidos incluíram o trio em uma lista de sanções econômicas.

Como consequência, os três homens – dois egípcios e um libanês -, ficarão com os bens bloqueados e não poderão realizar novas transações financeiras.

De acordo com a Embaixada norte-americana no Brasil, os três estrangeiros teriam fornecido apoio financeiro e tecnológico à atuação da Al Qaeda no mundo. Eles também teriam prestado serviços ao grupo terrorista.

Segundo o governo dos EUA, um deles atuava como informante da organização, outro facilitava a impressão de notas falsas e o terceiro seria “agente e facilitador” dos radicais.

Para a diretora do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) dos Estados Unidos, Andrea Gacki, “as atividades desta rede sediada no Brasil demonstram que a Al Qaeda continua sendo uma ameaça terrorista global generalizada”.

Leia também1 Prateleira com Bíblias fica em pé após tornado nos EUA
2 Pais de atriz famosa são achados mortos misteriosamente
3 Trump exalta Jesus: 'Nosso país tem um salvador. E não sou eu'
4 Bebês são levados por tornado, mas sobrevivem após avó orar
5 Atendente do McDonald's ganha US$ 100 por salvar cliente engasgada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.