Leia também:
X Confira fotos de Jefferson dando entrada na prisão Bangu 8

Saiba como falta das inserções foi descoberta pelo governo

Denúncias de eleitores foi essencial para que o caso fosse descoberto

Leiliane Lopes - 27/10/2022 17h27 | atualizado em 27/10/2022 19h12

Fábio Faria e Fabio Wajngarten apresentaram a denúncia sobre as rádios Foto: Reprodução/Instagram

A campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, denunciou esta semana que mais de 150 mil peças publicitárias do chefe do Executivo não foram veiculadas em emissoras de rádio.

Segundo o ex-secretário de Comunicação Social do governo Bolsonaro, Fabio Wajngarten, partiu dos eleitores a denúncia de que não estavam ouvindo nas rádios de suas cidades os spots da campanha do candidato.

– Muitos apoiadores do presidente comunicaram-no que não estavam ouvindo ou recebendo as nossas inserções de campanha no rádio – revelou ele em entrevista à Revista Oeste.

E continuou:

– Por causa disso, a campanha contratou uma empresa para fazer auditoria de todas as veiculações em emissoras de rádio e TV.

Foi assim que os dados começaram a surgir e foi possível apresentar a denúncia ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ação esta rejeitada pelo ministro Alexandre de Moraes, presidente da Corte.

Leia também1 UOL usa foto de Bangladesh para denunciar miséria no Brasil
2 O Globo publica infográfico com vitória de Lula e fala em erro
3 Amoêdo diz estar indignado com suspensão do Novo e irá recorrer
4 Ministro Alexandre Moraes fará pronunciamento no sábado
5 Cássia Kis defende a família e critica ideologia de gênero

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.