Leia também:
X Ministro da Justiça desiste de ser candidato nas eleições 2022

Encarregado da Ucrânia no Brasil cala repórteres militantes

Imprensa apontou "silêncio" de Jair Bolsonaro em relação ao conflito na Europa

Monique Mello - 26/02/2022 18h18 | atualizado em 26/02/2022 18h27

Anatoliy Tkach Foto: Reprodução/CNN

Neste sábado (26), o encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, concedeu uma entrevista coletiva para dar mais informações sobre a situação do país em meio a invasão russa, que chegou a terceiro dia.

Na coletiva, Tkach se viu diante de uma insistência por parte da imprensa em relação ao “silêncio” do presidente Jair Bolsonaro sobre a ofensiva militar da Rússia na Ucrânia.

De acordo com Anatoliy Tkach, ao votar a favor da resolução que condena a invasão russa e pede a retirada imediata das tropas do território ucraniano, o governo brasileiro tomou uma posição oficial.

– Qual é a opinião de vocês em relação a esse silêncio do presidente Jair Bolsonaro? – perguntou uma repórter.

Tkach frisou que a posição do Brasil já foi expressa durante o Conselho de Segurança da ONU.

– O Brasil já expressou sua posição ontem durante o Conselho de Segurança da ONU. Apoiou a resolução que mencionei que condena a Rússia e solicita a retirada das tropas do território da Ucrânia. Esse posicionamento já é uma posição oficial do Brasil – disse Tkach.

– Não é necessária uma posição o presidente da República? – insiste outra repórter.

– Esse posicionamento já é uma posição oficial do Brasil – reforçou o encarregado.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Te Atualizei Oficial (@teatualizeioficial)

Leia também1 Kiev decreta toque de recolher após expansão de ofensiva russa
2 Rússia critica o governo da Ucrânia por "armar civis"
3 Ucrânia recusa ultimato da Rússia: "Condições inegociáveis"
4 Rússia vai expandir ofensiva na Ucrânia 'para todas as direções'
5 Em meio à guerra, site oficial do governo russo fica fora do ar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.