Leia também:
X Dirigente do MST é sequestrado e morto a tiros no interior do PR

Embaixadora das Filipinas é flagrada batendo na empregada

Marichu Mauro aplicava beliscões, tapas e puxões de orelha em funcionária que trabalhava na casa dela

Paulo Moura - 26/10/2020 08h55 | atualizado em 26/10/2020 10h08

Embaixadora agredia empregada doméstica dentro da representação das Filipinas Foto: Reprodução/Câmeras do circuito interno

A embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro, foi flagrada agredindo uma empregada doméstica que trabalhava dentro da representação diplomática do país asiático, em Brasília. A vítima, de 51 anos, também é de origem filipina e trabalhava na residência oficial da embaixadora que fica nos fundos do prédio principal.

Vídeos de agressões físicas, como beliscões, tapas e puxões de orelha foram captados por câmeras instaladas na embaixada e exibidos em reportagem do Fantástico, da Rede Globo, na noite de domingo (25). As imagens foram entregues à Justiça e servirão de provas para as denúncias feitas por funcionários da representação.

Embaixadora das Filipinas, Marichu Mauro Foto: Reprodução

Um dos funcionários, que teve sua identidade preservada pela reportagem da Globo, informou que a empregada doméstica foi agredida pela embaixadora por várias vezes, por vários dias. A empregada saiu do país na última quarta-feira (21) e não quis gravar entrevista. Ela relatou apenas que estava feliz em voltar para casa.

Marichu Mauro está no cargo desde 7 de abril de 2018. Ela chegou a ser homenageada pelo então presidente Michel Temer, que recebeu suas credenciais diplomáticas. Desde janeiro deste ano, ela também representa as Filipinas junto a Venezuela como embaixadora não residente. Ela também é embaixadora na Guiana, na Colômbia e no Suriname.

Leia também1 Datena passa por cirurgia em SP depois de sentir dores no peito
2 Covid-19: Vacina de Oxford tem resposta "robusta" entre idosos
3 Dirigente do MST é sequestrado e morto a tiros no interior do PR
4 Mulher estuprada por 12 homens revela à polícia que tem HIV
5 Morre em SP o coordenador da campanha de Celso Russomanno

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.