Leia também:
X Novo chuveirão da Havan em praia de SC sofre vandalismo

Estados não exigirão prescrição médica para vacinar crianças

Conselho Nacional de Secretarias de Saúde divulgou uma "carta de Natal às crianças do Brasil"

Monique Mello - 24/12/2021 14h09 | atualizado em 24/12/2021 15h01

Anvisa aprovou a vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos Foto: EFE/Javier Roibás Veiga

Após reunião entre os secretários estaduais de Saúde na manhã desta sexta-feira (24), o Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) divulgou há pouco uma “carta de Natal às crianças do Brasil” confirmando que nenhum estado exigirá prescrição médica para a vacinação infantil contra a Covid-19.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a vacina da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos de idade no dia 16 de dezembro. Já o Ministério da Saúde preferiu abrir uma consulta pública sobre a exigência de prescrição médica para que a crianças recebam o imunizante.

Em uma entrevista nesta quinta-feira (23), o ministro da Saúde Marcelo Queiroga também defendeu a consulta pública, dizendo ser o modelo ideal de “que a sociedade de cada país decide”.

– Os dados que embasaram a decisão [de vacinar crianças] são iniciais, então cabe sensibilidade ao caso – afirmou.

Segue a íntegra da carta do Conass, assinada pelo presidente do conselho e secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula:

Queridas crianças do Brasil,

O ano não foi fácil. Os papais e as mamães de vocês passaram por inúmeras dificuldades. Empregos foram perdidos, tudo ficou caro, foi difícil iniciar a vacinação contra o coronavírus. Por conta disso, muitos parentes e muitos amigos viraram estrelinhas. Mais de 400 mil apenas este ano. Vocês devem ter se acostumado a falar de coronavírus e, por conta dele, passaram a usar máscaras até para ir para a escola. A gente sabe que máscara não é algo confortável, mas elas são usadas para protegê-los.

O ano foi passando, as dificuldades foram diminuindo e a gente finalmente conseguiu a proteção que os papais e as mamães já possuem: a vacina contra a Covid-19 para crianças! Eu sei que ninguém gosta de agulhas, mas vocês não precisam ter medo! Os cientistas do mundo inteiro apontam a segurança e eficácia da vacina para crianças! Ela inclusive já começou a ser aplicada em meninos e meninas de vários países do mundo.

Infelizmente há quem ache natural perder a vida de vocês, pequeninos, para o coronavírus. Mas com o Zé Gotinha já vencemos a poliomielite, o sarampo e mais de 20 doenças imunopreveníveis. Por isso, no lugar de dificultar, a gente procura facilitar a vacinação de todos os brasileirinhos. E é esse recado que queremos dar no dia de hoje, véspera de Natal: quando iniciarmos a vacinação de nossas crianças, avisem aos papais e às mamães: não será necessário nenhum documento de médico recomendando que tomem a vacina .

A ciência vencerá. A fraternidade vencerá. A medicina vencerá e vocês estarão protegidos. Que o Papai Noel traga neste ano muito amor, alegria, abraços, diversão e PROTEÇÃO contra a COVID-19. E que todos possam compartilhar esses presentes com o papai e a mamãe. Feliz Natal!”

Leia também1 Rio: Paes afirma que não exigirá atestado para vacinar crianças
2 Queiroga: Governo vacinará crianças, mas exigirá prescrição
3 Vacinação infantil: Ministério da Saúde inicia consulta pública
4 Pfizer nega ao RJ venda direta de vacinas para crianças
5 Doria chama de 'crime' fala de Queiroga sobre crianças

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.