Leia também:
X Porto Alegre: Sebastião Melo registra B.O. contra Manuela

Em live, Damares incentiva empreendedorismo feminino

Ministra aprendeu a confeitar bolo como exemplo de geração de renda para mulheres

Gabriela Doria - 25/11/2020 16h09 | atualizado em 25/11/2020 16h40

Ministra Damares Alves aprendendo a confeitar bolo
Ministra Damares Alves lança campanha pelo fim da violência contra a mulher durante live Foto: Reprodução

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, lançou a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, nesta quarta-feira (25). A iniciativa foi divulgada através de uma transmissão ao vivo em que a ministra se “aventurou” pela cozinha e aprendeu a confeitar bolos.

Durante a aula de confeitaria, Damares divulgou o disque 180, canal do governo que recebe denúncias de violência contra as mulheres. Segundo a ministra, o motivo de ela estar aprendendo a fazer bolos era incentivar o empreendedorismo e a independência financeira das mulheres.

– Sustentando a sua família, você muda a economia do país. […] E aí, instituições do Brasil? Façam contato conosco para a gente levar esse programa para sua cidade. Eu repito: tem uma agência poderosa no Brasil que são as igrejas. Igrejas, venham conosco. Às vezes, tem uma mulher todo dia na igreja, uma senhorinha que sabe fazer bolo. Ela pode ensinar as outras. Bora? – convocou Damares.

View this post on Instagram

A post shared by Damares Alves (@damaresalvesoficial1)

A ministra também sugeriu outros ramos profissionais em que as mulheres podem gerar renda. “Maquiagem e cabelo dão dinheiro”, destacou.

A campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres acontece todos os anos e é uma parceria entre a ONU Mulheres e governos de todo o mundo.

Leia também1 Padre é condenado por guardar e distribuir pornografia infantil
2 Dia Nacional do Doador de Sangue: Veja dúvidas frequentes
3 Vídeo: Cantora gospel é agredida pelo marido em shopping
4 Sikêra diz que PSOL quer sua prisão: "Bando de hipócritas"
5 "Ódio do bem" deseja 'inferno' a Crivella e 'morte' de Osmar Terra

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.