Leia também:
X Mendonça não deixará relatoria de ação contra Bolsonaro

Em entrevista ao NYT, Monark diz que não é nazista

Matéria compara o caso do youtuber brasileiro ao do podcaster americano Joe Rogan

Pleno.News - 13/02/2022 21h03 | atualizado em 14/02/2022 11h34

Monark
Monark Foto: Reprodução/YouTube/FlowPodcast

O ex-apresentador do Flow Podcast Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, foi entrevistado pelo jornal The New York Times. Ele se defendeu das acusações contra ele e negou ser nazista.

No conteúdo escrito pelo correspondente Jack Nicas, o youtuber disse que está “sendo destruído por defender uma ideia que é constitucional nos EUA”. O texto compara o caso de Monark ao do podcaster americano Joe Rogan, que é acusado de disseminar negacionismo sobre vacinas contra a Covid-19.

A matéria do jornal recebeu o título Joe Rogan do Brasil enfrenta sua própria tempestade em torno da liberdade de expressão.

– Estou sendo destruído por defender uma ideia que é constitucional nos Estados Unidos. Eu não sou nazista. […] O ponto que eu ia defender naquele dia era sobre a Primeira Emenda nos Estados Unidos. Mas eu defendi isso de maneira muito ruim, de uma maneira estúpida. Quero deixar claro que sou totalmente contra qualquer tipo de preconceito – disse Monark ao correspondente do jornal.

O youtuber foi demitido do Flow Podcast após defender o reconhecimento legal de um partido nazista junto à Justiça Eleitoral brasileira.

Leia também1 Felipe Neto fala sobre Monark: 'Mereceu, mas não é nazista'
2 Marca de bicicletas nega vínculo com youtuber Monark
3 Justiça manda Flow tirar falas nazistas de todas as redes
4 Malafaia critica fala de Monark sobre partido nazista: "Afronta"
5 "O que estão fazendo comigo é um linchamento desumano"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.