Leia também:
X Na GloboNews, Merval diz que Bolsonaro foi melhor no debate

Visita de Tarcísio é interrompida por tiros em comunidade em SP

Candidato ao governo estava em Paraisópolis na manhã desta segunda

Paulo Moura - 17/10/2022 12h06 | atualizado em 17/10/2022 13h16

Tarcísio ficou abaixado no momento dos tiros Foto: Reprodução/TV Globo

A agenda de campanha do ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, foi interrompida por tiros na manhã desta segunda-feira (17). O candidato ao governo de São Paulo e jornalistas chegaram a ficar abaixados em uma sala onde estavam reunidos. Ninguém ficou ferido.

O candidato deixou o local acompanhado de seguranças e escolta em uma van. Nas redes sociais, Tarcísio afirmou ter sido atacado e que um suspeito foi baleado. A polícia, entretanto, ainda não detalhou quais foram as circunstâncias dos tiros.

– Em primeiro lugar, estamos todos bem. Durante visita ao 1° Polo Universitário de Paraisópolis, fomos atacados por criminosos. Nossa equipe de segurança foi reforçada rapidamente com atuação brilhante da @PMESP. Um bandido foi baleado. Estamos apurando detalhes sobre a situação – escreveu Tarcísio.

O delegado geral da Polícia Civil de São Paulo, Osvaldo Nico Gonçalves, afirmou ao portal G1 que viaturas do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), foram enviadas ao local para apurar o que ocorreu.

– Por enquanto ainda não temos informações oficiais do que ocorreu. A Polícia Civil está indo para lá saber o que houve – declarou o delegado.

Leia também1 Morre Paulo Ayres Mattos, bispo Emérito da Igreja Metodista
2 Na GloboNews, Merval diz que Bolsonaro foi melhor no debate
3 Abono extra de até R$ 1.212 será pago a partir desta 2ª feira
4 Neymar começa a ser julgado na Espanha por fraude fiscal
5 Banda BTS vai parar por 3 anos por serviço militar obrigatório

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.