Leia também:
X Fernández reforça apoio a Lula: ‘Deus queira que tudo corra bem’

TSE: Soraya quer barrar uso da ONU na campanha de Bolsonaro

Candidata à Presidência pediu que a Corte impeça Jair Bolsonaro de utilizar imagens do discurso

Henrique Gimenes - 20/09/2022 15h52 | atualizado em 20/09/2022 16h00

Senadora Soraya Thronicke Foto: Agência Senado/Waldemir Barreto

Nesta terça-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nos Estados Unidos. No entanto, antes mesmo de o presidente chegar a Nova Iorque, a senadora Soraya Thronicke, candidata do União Brasil à Presidência, decidiu acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para evitar que Bolsonaro, candidato à reeleição, possa usar as imagens do discurso em sua campanha eleitoral.

Soraya entrou com uma ação no TSE no domingo (18), dia em que o presidente do Brasil estava em Londres para o funeral da rainha Elizabeth II.

No documento, a candidata à Presidência afirma que Bolsonaro tem se “notabilizado pela utilização de eventos a que comparece na condição de chefe de Estado, custeados com recursos públicos e inacessíveis aos demais candidatos, com posterior divulgação em meios oficiais e redes sociais de campanha, para promoção de sua candidatura à reeleição”.

De acordo com Soraya Thronicke, a campanha de Bolsonaro estaria utilizando imagens de eventos “para produzir registros e recortes que possam ser utilizados para demonstrar uma suposta aceitação no cenário internacional, de maneira a se contrapor aos demais candidatos”.

Além disso, a parlamentar afirmou que a intenção é “inibir a prática de condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos e a lisura do processo eleitoral consistente na utilização de registros dos eventos na propaganda eleitoral do representado como forma de promover sua imagem e, assim, colher frutos eleitorais”.

Leia também1 ONU: Leia a íntegra do discurso de Bolsonaro na Assembleia
2 PT vê com ressalvas pesquisa do Ipec que mostra Lula com 47%
3 Bolsonaro oferece asilo a padres perseguidos da Nicarágua
4 Frente pró-Lula não consegue atrair Serra e FHC no 1° turno
5 TSE ordena remoção de site criado pela campanha de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.