Leia também:
X Deputados convidam Guedes para explicar reajuste a policiais

TSE rejeita pedido do PT para remover outdoors pró-Bolsonaro

Decisão foi do ministro Raul Araujo

Henrique Gimenes - 17/05/2022 19h57 | atualizado em 18/05/2022 10h40

Fachada do edifício sede do TSE Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou um novo pedido do Partido dos Trabalhadores (PT) para remover outdoors de apoio ao presidente Jair Bolsonaro em Mato Grosso. A decisão foi do ministro Raul Araujo, que já havia negado um pedido do partido em fevereiro.

A ação foi apresentada pelo PT em parceria com produtores rurais do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e apontava que a instalação dos outdoores configuraria campanha eleitoral antecipada e abuso de poder econômico.

Em fevereiro, Raul Araujo havia negado o pedido de forma liminar sem ouvir todas as partes envolvidas, de acordo com a CNN Brasil. Em sua nova decisão, no entanto, o juiz analisou todas as provas apresentadas pelo PT e apontou que não existe “qualquer elemento de convicção que estabeleça conexão entre eles e o promotor dos materiais publicitários, o que desautoriza a atribuição de responsabilidade e imposição de multa a esses representados”.

O ministro do TSE apontou também que “mensagem de felicitação, agradecimento ou homenagem, sem relação direta ou indireta com a disputa eleitoral que se aproxima, não configura propaganda eleitoral antecipada, pois se trata de indiferente eleitoral”.

O PT pretende recorrer da decisão.

Leia também1 Advogada de Daniel Silveira terá audiência com Moraes no STF
2 “Pacheco quer calar Pingos nos Is”, dizem apresentadores da JP
3 A empresários, Aras diz que as eleições ocorrerão normalmente
4 Datena: 'Desse jeito, a política vai desistir de mim mais uma vez'
5 Chamada de advogada de bandido, Deolane fala sobre PCC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.