Leia também:
X Casagrande volta a relacionar violência no futebol a Bolsonaro

TSE ordena remoção de publicações contrárias a Lula

Posts afirmam que o petista pretende acabar com o agronegócio junto ao MST

Henrique Gimenes - 19/09/2022 17h44 | atualizado em 19/09/2022 18h09

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: Ricardo Stuckert/ PT

A ministra Cármen Lúcia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aceitou um pedido do Partido dos Trabalhadores (PT) e determinou a remoção de publicações nas redes sociais contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os posts apontam que o petista iria eliminar o agronegócio com o apoio do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Ao acionar o TSE, a campanha de Lula à Presidência afirmou que agências de checagem já apontaram que as publicações do tipo teriam por objetivo “distorcer a percepção e opinião do eleitor” sobre o petista.

Ao determinar a remoção das publicações, a ministra do TSE disse que elas “apresentam conteúdo produzido para desinformar, pois a mensagem transmitida, como atestado pelas agências de checagem de informação e de imprensa, não se respalda nos dados de fato”.

Cármen Lúcia apontou ainda que “não se cuidam de críticas políticas ou legítima manifestação de pensamento. O que se tem é divulgação de mensagem sabidamente inverídica em ofensa à imagem do candidato com inegável desinformação do eleitor”.

Leia também1 Ator acredita ser reencarnação de Jesus e tem altar, diz revista
2 Receita quer cobrar de Lula R$ 18 milhões: "STF não o inocentou"
3 Tom Cavalcante parodia aliança de Lula com Alckmin e Marina
4 José Serra nega apoio a Lula: “É pura fake news. PT sendo PT"
5 Ciro Gomes, Simone Tebet e Lula serão sabatinados por Ratinho

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.