Leia também:
X Bolsonaro sobre Lula e Deolane: “Feitos um para o outro”

TSE manda o PSDB devolver R$ 4 milhões do Fundo Partidário

Corte desaprovou as contas do partido nas eleições de 2016

Pleno.News - 26/04/2022 21h41 | atualizado em 27/04/2022 10h13

Candidatos do PSDB nas prévias do partido Foto: Reprodução/YouTube PSDB

Nesta terça-feira (26), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou ao PSDB que devolva o valor de R$ 4.158.550,98 recebidos do Fundo Partidário. A medida ocorreu após a Corte desaprovar as contas da sigla nas eleições de 2016.

O relator do caso foi o ministro Benedito Gonçalves, que considerou ter irregularidades na prestação de contas sobre a contratação de pilotos de aeronaves e também no pagamentos de salários. Ele foi seguido pelos outros integrantes da Corte, ministros Sérgio Banhos, Maria Claudia Bucchianeri, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Mauro Campbell e Edson Fachin.

– As falhas representaram montante superior a R$ 4 milhões, algumas delas com gravidade acentuada, com destaque ao repasse irregular de mais de R$ 1 milhão a diretórios com cotas suspensas – apontou Gonçalves.

O valor que o PSDB terá que devolver é composto ainda por uma multa de R$ 1.776.905,38 por ter destinado 5% do fundo a candidaturas de mulheres.

Leia também1 Malafaia: PT contratou advogado para processar pastores
2 Republicanos anuncia Damares candidata ao Senado pelo DF
3 Barros: "Silveira não irá perder o mandato e disputará a eleição"
4 SP: Rosas de Ouro, que mostrou Bolsonaro de Jacaré, fica em 9º
5 STJ mantém a prisão preventiva da ex-deputada Flordelis

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.