Leia também:
X Moraes teve reportagem como base única contra empresários

TSE afirma que universidades atestaram segurança das urnas

Três universidades públicas brasileiras fizeram estudos sobre os novos modelos da urna eletrônica

Henrique Gimenes - 25/08/2022 19h21 | atualizado em 25/08/2022 20h28

Novo modelo de urna eletrônica Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

Nesta quinta-feira (25), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que três universidades brasileiras entregaram à Corte a conclusão de estudos realizados nos códigos-fontes das urnas eletrônicas. Segundo o TSE, as “instituições de ensino superior foram unânimes e categóricas em atestar a segurança e a auditabilidade dos sistemas e dos equipamentos”.

Os estudos foram conduzidos pela Universidade de São Paulo (USP), pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Para a Corte, os “testes garante a segurança do processo eleitoral”. Neles, a urna eletrônica “foi exposta aos mesmos ataques executados em todos os TPS anteriormente já realizados”.

Além disso, o TSE apontou que “em nenhum teste de segurança, foi possível alterar o destino e a integridade de uma votação”.

Leia também1 Cármen Lúcia é eleita para vaga de ministra efetiva do TSE
2 Daniel Silveira desafia Moraes após novo bloqueio do ministro
3 Moraes avalia restrição a porte de armas no dia das eleições
4 Lewandowski valida registro de candidatura de Simone Tebet
5 Moraes bloqueia redes e contas de esposa de Daniel Silveira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.