Leia também:
X “Estrela” do TSE, Camila Pitanga faz festa com o tema “Lula”

TRE-SP nega ação do PSOL sobre domicílio eleitoral de Tarcísio

Partido queria investigar a transferência de domicílio do ex-ministro para São Paulo

Henrique Gimenes - 21/06/2022 17h33 | atualizado em 21/06/2022 17h58

Ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Nesta terça-feira (21), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) rejeitou uma ação apresentada pelo PSOL sobre o domicílio eleitoral do ex-ministro Tarcísio de Freitas. O partido queria investigar a transferência de domicílio de Tarcísio, que é pré-candidato ao governo de SP, mas teve seu pedido negado por unanimidade.

O PSOL protocolou na Corte eleitoral um procedimento administrativo no qual pediu que o TRE-SP apurasse eventuais irregularidades na mudança. Juliano Medeiros, presidente nacional do partido, alegava que teria ocorrido o descumprimento de normas eleitorais por suposta inexistência de vínculos entre Tarcísio e a cidade de São José dos Campos, para onde o ex-ministro transferiu seu domicílio.

O relator do caso foi o desembargador Silmar Fernandes, que considerou que o pedido do PSOL ocorreu fora do prazo. O voto dele foi seguido pelos outros integrantes da Corte. Com isso, o TRE-SP nem chegou a analisar o mérito do pedido.

Mais cedo, Tarcísio chegou a falar sobre o pedido durante entrevista à Jovem Pan e chamou a ação de “tapetão”.

– É tapetão, é espuma. É a tentativa de gerar uma notícia negativa, mas a minha preocupação com isso é nenhuma. A gente está muito tranquilo por ter agido dentro da lei – disse.

Leia também1 Tarcísio detona ação do PSOL sobre domicílio eleitoral em SP
2 Sachsida sobre Petrobras: "Privatização é o caminho"
3 Por Petrobras, governo prepara MP para mudar Lei das Estatais
4 Lula: "Bolsonaro poderia baixar combustíveis com canetada"
5 Deputados colhem assinaturas para criar CPI da Petrobras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.