Leia também:
X Em editorial, Jovem Pan rebate acusações da Folha de São Paulo

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo começa a lacrar urnas

Cerimônia é pública e pode ser acompanhada por partidos políticos, federações, coligações e entidades fiscalizadoras

Pleno.News - 21/09/2022 13h06 | atualizado em 21/09/2022 13h28

Urna eletrônica Foto: TSE/Secom/Antonio Augusto

Nesta quarta-feira (21), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) inicia a lacração das urnas eletrônicas para a votação do dia 2 de outubro. A cerimônia pública ocorre na 1ª Zona Eleitoral, no Bairro Bela Vista.

Todas as 115.557 urnas que serão usadas no estado passarão por três processos: geração de mídias, carga e lacração. Cada zona eleitoral é responsável pela preparação das urnas de suas seções. Funciona assim: primeiro, dados de eleitores da seção e também dos candidatos (nome e foto) são gravados em cartões de memória. Depois, os cartões são utilizados para inserir os dados em cada urna (“dar carga”). Por fim, os equipamentos recebem lacres da Casa da Moeda, assinados por juízes eleitorais.

A cerimônia é pública e pode ser acompanhada, por exemplo, por partidos políticos, federações, coligações e entidades fiscalizadoras, como Ministério Público, Polícia Federal e Forças Armadas.

Durante o evento, essas entidades fiscalizadoras verificam a integridade e autenticidade dos sistemas eleitorais instalados. A verificação, por amostragem, será realizada em no mínimo 3% e no máximo 6% das urnas.

O TRE do Distrito Federal também inicia os processos nesta quarta. Em outros tribunais regionais, como o do Rio (TRE-RJ), Paraná (TRE-PR) e Mato Grosso (TRE-MT), o procedimento já começou.

*AE

Leia também1 Lula sinaliza aproximação à bancada ruralista no Congresso
2 Prefeitura quer suspender cachê de cantora que declarou voto
3 Candidata do PSTU propõe estatização de 100 empresas
4 TSE nega resposta a Alckmin por propaganda de Bolsonaro
5 Deputado esquece câmera ligada e aparece sem calças em sessão na PB

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.