Leia também:
X Doria e Moro se encontram na casa da presidente do Podemos

Simone Tebet: “Pronta para ser a nova presidente do Brasil”

MDB lançou pré-candidatura da senadora nesta quarta-feira

Monique Mello - 08/12/2021 19h24 | atualizado em 09/12/2021 13h21

Simone Tebet é pré-candidata à Presidência da República Foto: Reprodução/YouTube MDB

Ao ser lançada como pré-candidata do MDB à Presidência da República, a senadora Simone Tebet (MS) mirou suas críticas no presidente Jair Bolsonaro e no que chamou de “aventureiros” nas eleições, movimento visto como contraponto ao ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro.

Com o lançamento de Simone Tebet, o partido entra na disputa pelo espaço da terceira via em 2022, mas ainda condicionado à viabilidade eleitoral da senadora ao longo da pré-campanha.

– O governo que aí está cria crises artificiais, mas é mais grave do que isso, promove a discurso do ódio, a polarização. Numa única palavra, quer aniquilar as minorias – disse a senadora.

Em seu discurso, a parlamentar afirmou que está preparada para ser a nova presidente do país e que seu nome representa a “nova esperança do Brasil”.

– Juntos, seremos capazes de construir um futuro com raízes cada vez mais profundas; com troncos e galhos cada vez mais frondosos, que possam abraçar a todos; com flores cada vez mais perfumadas, para que possamos também oferecer cada vez mais segurança, oportunidade e felicidade para cada brasileiro. Juntos, somos a nova esperança do Brasil. Com vocês, sinto-me preparada para ser a nova presidente do Brasil.

Leia também1 Lula se diz disposto a fazer "mais do que fez em dois mandatos”
2 Bolsonaro sobre reeleição: ‘Com 4 no STF, a gente muda o Brasil’
3 Doria e Moro se encontram na casa da presidente do Podemos
4 Juristas entregam pedido de impeachment contra Bolsonaro
5 Pesquisa revela os políticos mais influentes das redes sociais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.