Leia também:
X Tribunal derruba condenação de Globo e Drauzio no caso Suzy

PT deve promover mudanças na equipe de campanha de Lula

Nomes serão adicionados à coordenação de campanha do petista

Paulo Moura - 08/05/2022 13h37 | atualizado em 09/05/2022 11h58

Lula Foto: Ricardo Stuckert/PT

Após o lançamento oficial da chapa entre o ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para a eleição presidencial de 2022, o PT deve promover grandes mudanças na coordenação de campanha do petista, e elas devem começar já nesta segunda-feira (9). As informações são do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Uma das mudanças será a inserção de novos integrantes na coordenação política da campanha. Os novos membros, que incluirão, por exemplo, presidentes de partidos aliados, vão dividir funções com os deputados Gleisi Hoffmann (PT-PR) e José Guimarães (PT-CE).

A coordenação de comunicação da campanha, por sua vez, deverá ficar dividida entre o deputado e ex-presidente do PT, Rui Falcão (PT-SP), e o prefeito de Araraquara e ex-ministro-chefe da Secretaria de Comunicação (Secom) do governo Dilma, Edinho Silva.

Integrantes da campanha também estariam pedindo uma maior proatividade da área jurídica da campanha, chefiada pelo ex-ministro de Dilma, Eugênio Aragão. De acordo com Jardim, há um consenso tanto dentro do PT quanto nos partidos aliados de que a falta de coordenação da campanha é o problema mais grave da chapa Lula/Alckmin.

Leia também1 Mendonça declara suspeição e não julgará dossiês sobre antifas
2 Alckmin afirma que "lula com chuchu" será "hit culinário"
3 General diz que STF fez povo de postes: "Urinarão na gente"
4 Bolsonaro vai ao estádio para ver Flamengo x Botafogo em Brasília
5 Dupla de Aleksandro, Conrado está na UTI em estado grave

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.