Leia também:
X Michelle sobre discurso: “Saindo da minha zona de conforto”

Propaganda na TV terá Lula antes de Bolsonaro, define TSE

Inserções em rádio e TV começam nesta sexta-feira

Pleno.News - 06/10/2022 13h58 | atualizado em 06/10/2022 14h56

Candidatos Lula e Jair Bolsonaro no debate eleitoral Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado nas redes sociais

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV do segundo turno das eleições começa a ser veiculada nesta sexta-feira (7). O horário eleitoral gratuito vai até 28 de outubro, dois dias antes da votação, marcada para 30 de outubro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seguem na disputa pela Presidência, assim como os candidatos ao governo de 12 estados.

No segundo turno, a lei eleitoral estabelece que o tempo deve ser dividido igualmente entre os candidatos. Cada um deles tem dez minutos em cada bloco. A lei também estabelece que primeiro a aparecer será o candidato que recebeu maior quantidade de votos no primeiro turno – no caso, Lula, que obteve 48% dos votos contra 43% de Bolsonaro.

A propaganda vai ao ar todos os dias, de segunda a sábado, com exibição alternada dos candidatos. Ou seja: como a propaganda de Lula começa na sexta, a de Bolsonaro será veiculada no sábado.

O horário eleitoral gratuito destinado aos candidatos à Presidência será das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. No rádio, as propagandas vão ao ar das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10

Nos estados onde haverá segundo turno para governador a propaganda será veiculada das 13h10 às 13h20 e das 20h40 às 20h50 na TV. Já no rádio, das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20.

Os candidatos também contam com inserções de 30 a 60 segundos ao longo da programação, que somam 25 minutos por dia, de segunda a domingo.

*AE

Leia também1 Em nota oficial, Podemos se posiciona sobre o 2° turno
2 2º turno: Ronaldo Caiado oficializa apoio a Jair Bolsonaro
3 Bolsonaro anuncia programa da Caixa para renegociar dívidas
4 Damares e Zambelli criam grupo de mulheres pró-Bolsonaro
5 Michel Temer desiste de apoio oficial a Jair Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.