Leia também:
X PF faz operação contra ataques hackers a sites do governo

Prestes a se ‘encontrarem’, Lula diz que Bolsonaro está ‘possuído’

Petista e o presidente estarão na posse de Alexandre de Moraes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Pleno.News - 16/08/2022 17h19 | atualizado em 16/08/2022 18h09

Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/FERNANDO BIZERRA

Na tentativa de frear o avanço do presidente da República e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), sobre o eleitorado evangélico, movimento atestado em pesquisas de intenção de voto, o candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que o chefe do Executivo está “possuído pelo demônio”.

– Se tem alguém que é possuído pelo demônio, é esse Bolsonaro – afirmou Lula no ato inaugural de sua campanha, que aconteceu nesta terça-feira (16), no pátio da Volkswagen em São Bernardo do Campo, seu berço político.

No discurso, o petista também acusou o chefe do Executivo de contar mentiras, e o chamou de fariseu.

– Ele [Bolsonaro] é um fariseu, está tentando manipular a boa-fé de homens e mulheres evangélicos. Eles ficam contando mentira o tempo inteiro, sobre o Lula, sobre a mulher do Lula, sobre vocês, sobre índio, sobre quilombola. Não haverá mentira nem fake news que mantenha você governando este país, Bolsonaro – declarou.

Com fortes críticas a Bolsonaro – como “ninguém do exterior quer receber ele” – Lula mais uma vez reclamou dos prazos apertados da lei eleitoral.

– Eu tô (sic) candidato há algum tempo, mas só hoje eu pude acordar e falar para a Janjinha: “Janjinha, vota em mim”. Só hoje. Até ontem, eu não podia pedir – disse o petista, referindo-se à sua esposa, a socióloga Janja.

A cerimônia de posse do ministro Alexandre de Moraes como novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que ocorre na noite desta terça, tem presença confirmada dos dois oponentes: Bolsonaro e Lula. Além deles, os ex-presidentes Michel Temer (MDB) e Dilma Rousseff (PT) também estarão presentes.

De acordo com o portal UOL, a expectativa é de que Lula e Bolsonaro não fiquem próximos um do outro. Enquanto Bolsonaro ocupará a mesa da autoridades, ao lado de Moraes e dos outros ministros do TSE, Lula ficará no Plenário, juntamente com os outros ex-presidente convidados, como José Sarney (MDB) e Fernando Collor (PTB).

*Com informações da AE

Leia também1 Posse de Moraes terá Bolsonaro, Lula, Temer e Dilma Rousseff
2 Moraes dá 5 dias para Bolsonaro expor ação à varíola dos macacos
3 Alckmin exibe foto com nome e número de Lula, e web ironiza
4 Bolsonaro vence Lula em São Paulo, diz Modalmais/Futura
5 Grupo católico faz “oração contra o comunismo” no Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.