Leia também:
X Na “terra de Lula”, Malafaia exibe o povo criticando o petista

PDT vai ao TSE contra “roubo” da marca “Prefiro Ciro” por lulistas

Advogados da campanha de Ciro Gomes afirmam que perfis se apropriam da marca do candidato do PDT à Presidência

Pleno.News - 17/09/2022 19h48 | atualizado em 19/09/2022 11h31

Ciro Gomes Foto: Reprodução/YouTube

O PDT, partido do candidato à Presidência Ciro Gomes, enviou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste sábado (17), uma ação contra o candidato a deputado Augusto de Arruda Botelho (PSB-SP) e o perfil @jairmearrependi por apropriação da marca “Prefiro Ciro”.

Os representados usaram o filtro temático alterado para “Prefiro Lula” com o objetivo de mostrar apoio ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Os advogados da campanha do pedetista argumentam que a apropriação da marca dá a impressão que Ciro decidiu apoiar Lula “a partir do uso da expressão ‘Prefiro’ e a utilização das mesmas cores da respectiva propaganda eleitoral utilizada pelo Senhor Ciro Gomes, denota-se a similitude criando, artificialmente, na opinião pública, estados mentais, emocionais ou passionais capazes de confundir o eleitorado brasileiro”, afirmam na ação.

O perfil @jairmearrependi publicou no Twitter uma nota afirmando que a “paródia visual e a sátira em eleições é algo comum em todas as democracias” e que “uma coisa feita como piada interna” acabou ganhando grande proporção devido à divulgação de Ciro.

Botelho também se manifestou no Twitter, “33 milhões de pessoas passando fome e um candidato à presidência me processa por isso. @cirogomes vem com a gente, vamos virar juntos a página mais triste da nossa história”, escreveu.

*AE

Leia também1 Na "terra de Lula", Malafaia exibe o povo criticando o petista
2 Não queremos Forças Armadas se metendo nas eleições, diz Lula
3 "Polarização na pele": Homem tatua rostos de Bolsonaro e Lula
4 Na "terra de Lula", Bolsonaro fala em vitória no 1º turno
5 SBT fará debate entre candidatos ao governo de SP neste sábado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.