Leia também:
X Lula: ‘Em economia, nem sempre você pode dizer o que vai fazer’

Para Gilmar, criticar as urnas é “desculpa para derrota eleitoral”

Ministro do STF afirmou que "nunca tivemos um episódio sequer de fraude que fosse atribuída às urnas eletrônicas"

Henrique Gimenes - 22/08/2022 16h08 | atualizado em 22/08/2022 16h37

Ministro Gilmar Mendes, do STF Foto: EFE/Rosinei Coutinho

Nesta segunda-feira (22), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), falou sobre as críticas as urnas eletrônicas e afirmou que o Brasil não teve nenhum “episódio sequer de fraude que fosse atribuída”. Para o ministro, esse movimento crítico seria uma “desculpa para justificar uma possível derrota nas eleições”.

– Nunca tivemos um episódio sequer de fraude que fosse atribuída às urnas eletrônicas. O que me parece é que esses movimentos populistas e de feições iliberais vivem atrás de determinadas mensagens que possam unir o seu grupo e que se achou então essa desculpa em relação às urnas eletrônicas, inclusive, talvez para justificar uma possível derrota nas eleições ou para justificar alguma coisa do tipo – disse.

Gilmar também citou como exemplo o presidente Jair Bolsonaro.

– Tivemos eleições [em 2018] em que, se fosse se dizer que Bolsonaro ganharia a priori, muitos diziam que seria uma fake news, e ele ganhou, como ganhou outras eleições e nunca houve queixa que se tratasse de fraude. Agora se diz “ah, em 2018 teve fraude”, mas teve fraude e ele ganhou? Isso causa perplexidade – pontuou.

Leia também1 Bolsonaro mostra "preocupação" e diz: "Vou dar beijo no Bonner"
2 Ministro Paulo Guedes irá com Bolsonaro ao Jornal Nacional
3 Nunes Marques deverá presidir o TSE nas eleições de 2024
4 Silveira usa rede da esposa para chamar Moraes de "mentiroso"
5 BTG/FSB: Diferença entre Lula e Jair Bolsonaro cai para 9 pontos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.