Leia também:
X Mourão condena Guimarães: “Na parte moral, falhou. Falhou feio”

“O PT não vai chegar tão cedo ao poder”, afirma Bolsonaro

Presidente repercutiu notícia sobre valores altíssimos de doações ao partido de Lula

Monique Mello - 01/07/2022 12h40 | atualizado em 01/07/2022 14h11

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Anderson Riedel/PR

Nesta quinta-feira (30), durante sua tradicional live pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que o PT “não vai chegar tão cedo ao poder”. A fala foi em reação a uma matéria sobre o alto valor doado ao partido de Lula pela família Koren, proprietária da operadora de saúde Hapvida, sediada em Fortaleza, no Ceará.

– Esse pessoal que doou para o PT R$ 750 mil, foram poupados na CPI da Covid, ou seja, não foram depor, teve um acordo. Aquele pessoalzinho lá, sim ou não, que maltratou as pessoas: Renan Calheiros, Omar Aziz, Randolfe Rodrigues. Não quiseram apurar nada no tocante à corrupção, e não foram para cima dos planos de saúde – disse o chefe do Executivo.

O presidente continuou sua crítica, dizendo que o PT já está fazendo “maracutaias” antes mesmo de chegar ao poder, o que segundo ele não acontecerá.

– E, agora, como os planos de saúde não foram molestados na CPI, eles contribuíram com R$ 750 mil ao PT. O PT nem chegou ao poder e já está fazendo suas maracutaias aqui. E não vai chegar tão cedo ao poder, com toda a certeza – completou.

Lula, por sua vez, já vislumbra uma eventual vitória no pleito deste ano. Na manhã desta sexta (1º), o petista disse que não pretende se reeleger em 2026.

– Penso em governar este país por quatro anos e deixar o país “tinindo” – declarou o principal oponente de Jair Bolsonaro.

Leia também1 Braga Netto a empresários: Sem auditoria não haverá eleições
2 Barroso é xingado ao sair de teatro pelos fundos em Santa Catarina
3 Bolsonaro diz à TV que pretende "copiar" lei de armas dos EUA
4 Para a Fox News, Bolsonaro diz que esquerda está "desesperada"
5 Cotado a vice-presidente, Braga Netto é exonerado do governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.