Leia também:
X Advogada diz que Janones mente sobre prisão de Zambelli

Moraes afirma que caso Zambelli não é de responsabilidade do TSE

Ministro afirmou que ocorrido será analisado pelo Supremo Tribunal Federal

Pleno.News - 30/10/2022 16h36 | atualizado em 30/10/2022 16h51

Ministro Alexandre de Moraes Foto: TSE/Secom/Antonio Augusto

O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), descartou em coletiva de imprensa realizada na tarde deste domingo (30) que a deputada Carla Zambelli (PL-SP) possa ser enquadrada em crime eleitoral após se envolver em um ocorrido no qual empunhou uma arma na véspera da eleição.

– O ocorrido ontem [sábado, 29] não é de competência do TSE. O caso vai ao Supremo Tribunal Federal, uma vez que, como parlamentar, tem prerrogativa de foro – destacou Moraes.

SOBRE O OCORRIDO
Neste sábado (29), a deputada federal reeleita Carla Zambelli (PL-SP) gravou um vídeo no qual denunciou que foi cercada e agredida por militantes do ex-presidente Lula (PT). O caso aconteceu na capital paulista.

– Militantes de Lula me cercaram e me agrediram quando eu saía do restaurante – disse a parlamentar.

O episódio ocorreu na Alameda Lorena, região próxima de onde o petista fez um ato de campanha. Na gravação, Zambelli relatou que foi agredida verbalmente e cuspida.

– Fui agredida agora há pouco. Me empurraram no chão, um homem negro. Eles usaram um negro para vir em cima de mim, eram vários – disse.

*Com informações AE

Leia também1 Diretor da PRF afirma ao TSE que vai suspender operações
2 Bolsonaro tem mais votos em Israel, Lula na Palestina
3 Gilmar envia notícia-crime contra Zambelli para a PGR
4 Coligação de Lula pede prisão de diretor da PRF por operações
5 Pai de Neymar declara voto em Bolsonaro: "Nosso país unido"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.