Leia também:
X Candidato da maconha tem apoio de Lula, diz revista

Lula já está “comprometido com maracutaia”, diz Bolsonaro

Presidente criticou a decisão da campanha do petista de só apresentar seu plano de governo depois das eleições

Henrique Gimenes - 22/09/2022 18h48 | atualizado em 22/09/2022 19h01

Ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro Foto: EFE/EPA/Mohammed Badra | Alan Santos/PR

Nesta quinta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após a campanha do petista decidir só divulgar o plano de governo completo após as eleições. Para Bolsonaro, que disputa a reeleição, isso mostra que o ex-presidente “já está comprometido com maracutaia”.

A decisão de não apresentar uma versão final do programa de governo foi divulgada pela CNN. De acordo com a emissora, um dos motivos para isso seria a ideia de que a falta de um documento definitivo poderia ajudar Lula a atrair e negociar apoio no centro político, além de evitar dar munição à campanha de Bolsonaro em relação ao apoio de pautas de costumes, como o aborto, por exemplo.

Ao comentar a notícia, Bolsonaro disse que seu rival nas eleições “já negociou ministérios, estatais e bancos em troca de apoio”.

– Lula não apresenta plano, porque já negociou ministérios, estatais e bancos em troca de apoio. Esse modelo promíscuo resulta num governo que trabalha por interesses estranhos e não pelos da nação. Não dá pra assumir compromissos com o povo se já está comprometido com maracutaia! – apontou.

 

Leia também1 Candidato da maconha tem apoio de Lula, diz revista
2 Ativista pró-aborto pede votos para Lula: "Democracia"
3 Major Douglas Andrade celebra efetividade da Operação Lei Seca
4 TSE rejeita pedido do PT para barrar propaganda com Michelle
5 Marisa Orth sobre Bolsonaro: "Botou meu público contra mim"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.