Leia também:
X Rodrigo Pacheco assumirá a Presidência da República hoje

Lula ironiza Moro: “Poderia ser candidato lá em Chicago”

Petista comentou decisão da Justiça Eleitoral que negou domicilio eleitoral em São Paulo ao ex-ministro da Justiça

Henrique Gimenes - 08/06/2022 17h45 | atualizado em 08/06/2022 18h07

Ex-juiz Sergio Moro e o ex-presidente Lula Fotos: PT/Ricardo Stuckert // Agência Brasil/Wilson Dias

Nesta quarta-feira (8), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironizou o ex-juiz Sergio Moro por ter tido seu domicílio eleitoral em São Paulo negado pela Justiça. Durante uma entrevista à rádio Itatiaia do Vale do Aço, em Minas Gerais, o petista afirmou que o ex-ministro da Justiça poderia ser candidato lá nos Estados Unidos.

Moro teve sua transferência de domicílio eleitoral negada nesta terça-feira (7) após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo analisar uma ação do Partido dos Trabalhadores (PT). A sigla apontou que o ex-ministro da Justiça não residia em São Paulo e mudou seu domicílio com objetivos eleitorais.

Diante da situação, Moro decidiu que irá disputar as eleições pelo Paraná, estado em que reside.

Para Lula, no entanto, o ex-juiz “não tem nada a ver” com o Brasil.

– Eu acho que, como ele era representante do departamento de Justiça dos EUA no Brasil, como ele era porta-voz de algumas pessoas da CIA [Agência Central de Inteligência], ele poderia ser candidato lá em Chicago. Porque esse cidadão não tem nada a ver conosco – ressaltou.

Leia também1 Jantar com Lula em SP terá ingressos de R$ 3 mil a R$ 20 mil
2 Ciro Gomes diz que Lula não tem condições de falar em corrupção
3 Lula volta a defender "regulação da mídia" feita pelo povo
4 Para maioria dos eleitores, Lula foi condenado justamente
5 Bolsonaro poderia resolver combustíveis na canetada, mas não tem coragem, diz Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.