Leia também:
X Deputados colhem assinaturas para criar CPI da Petrobras

Lula: “Bolsonaro poderia baixar combustíveis com canetada”

Ex-presidente criticou o reajuste dos combustíveis promovido pela Petrobras

Henrique Gimenes - 21/06/2022 14h56 | atualizado em 21/06/2022 15h22

Ex-presidente Lula Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

Nesta terça-feira (21), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a falar sobre os preços dos combustíveis no Brasil e apresentou uma “solução fácil” para a questão. Para o petista, o presidente Jair Bolsonaro poderia mudar a política de preços da Petrobras “com uma canetada”.

A Política de Paridade de Preço Internacional (PPI) foi adotada no governo do ex-presidente Michel Temer e determina que o preço dos combustíveis da Petrobras seja reajustado tendo por base o valor do dólar.

Na semana passada, a empresa decidiu por um novo reajuste. Com isso, o valor da gasolina vendido às distribuidoras subiu 5,18%, indo de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro. Já o diesel aumentou 14,26%, passando de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro.

Ao falar sobre o aumento, Lula atacou Bolsonaro e disse que ele tenta “jogar a responsabilidade” em cima dos outros.

– É uma coisa absurda! A primeira coisa que ele tenta fazer é jogar a responsabilidade da sua incapacidade, diuturnamente, em cima dos outros (…). Bolsonaro poderia, com uma canetada, como fez o [ex-presidente da Petrobras Pedro] Parente, diminuir os preços – destacou.

Leia também1 Deputados colhem assinaturas para criar CPI da Petrobras
2 Rodrigo Pacheco diz ser contra instalação da CPI da Petrobras
3 "Governo não interfere no preço dos combustíveis", diz ministro
4 PT decide que não vai apoiar abertura da CPI da Petrobras
5 Jair Bolsonaro volta a defender abertura de CPI da Petrobras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.