Leia também:
X Após desistência, João Doria diz que o Brasil “precisa de solução”

Lula ataca Bolsonaro: “Não reduz os combustíveis porque tem rabo preso”

Petista afirmou que o presidente precisa ter "coragem" para mudar a política de preços da Petrobras

Pleno.News - 24/05/2022 15h07 | atualizado em 24/05/2022 15h46

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: Marlene Bergamo/Folhapress

Nesta terça-feira (24), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a disparar ataques contra o presidente Jair Bolsonaro afirmando que ele não reduz o preço dos combustíveis por ter o “rabo preso”. Para o petista, Bolsonaro não tem “coragem” de mudar a política de preços da Petrobras.

As declarações foram feitas durante uma entrevista à Rádio Mais Brasil News.

– O Bolsonaro precisa parar de falar bobagem, precisa parar de ficar dizendo que tem vontade de dar murro na mesa. Não é trocando o presidente [da Petrobras], não. Se a Petrobras é tão importante, assuma ele a presidência da Petrobras. O que ele tem que ter é coragem. Porque, na verdade, o que ele tem é o rabo preso aos preços internacionais – disse Lula.

Nesta segunda (23), o governo federal anunciou uma nova troca na presidência da Petrobras. O governo retirou José Mauro Ferreira Coelho do cargo e, em seu lugar, nomeou Caio Paes de Andrade, atual secretário de Desburocratização do Ministério da Economia.

Ao comentar a nova troca no comando da empresa, Lula deu uma sugestão do que poderia ser feito.

– Ele pode fazer uma reunião com o Conselho Nacional de Política Energética, trazer a Petrobras para a mesa. Traga o conselho da Petrobras e decida que o preço não será dolarizado, que nós não vamos pagar o preço internacional – destacou.

Leia também1 Guedes: Quem define política de preços da Petrobras é o conselho
2 "Bolsonaro sabe as pressões que está sofrendo", afirma Mourão
3 Moro vira réu em ação do PT que alega prejuízos na Petrobras
4 Governo faz terceira troca na presidência da Petrobras
5 Homem "penetra" no casamento de Lula é demitido de Prefeitura

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.