Leia também:
X Vereador do PP leva tiro no braço em campanha no ABC paulista

Lula agora diz defender alternância de poder na Venezuela

Petista afirmou que é preciso tratar o país "com respeito"

Henrique Gimenes - 22/08/2022 15h23 | atualizado em 22/08/2022 16h02

lula da silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/Luca Piergiovanni

Nesta segunda-feira (22), durante entrevista a jornalistas estrangeiros, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou sobre questões políticas da Venezuela e defendeu a “alternância de poder”. O petista, no entanto, disse que é preciso tratar a Venezuela “com respeito”.

As declarações foram dadas pelo candidato à Presidência durante evento em São Paulo.

– A gente tem que tratar a Venezuela com respeito, e sempre desejando que seja mais democrática possível, defendo a alternância do poder na Venezuela e em todos os países. Não existe presidente insubstituível. O Brasil vai tratar a Venezuela com respeito – pontuou.

Lula também criticou a União Europeia por ter declarado, em 2019, Juan Guaidó como presidente venezuelano.

– Gostaria de desejar para a Venezuela o que quero para o Brasil: que as eleições sejam sempre mais livres, que se acate o resultado. Não concordei quando a União Europeia aceitou o [Juan] Guaidó como presidente [em 2019]. Ele era um impostor, está provado. Sempre aprendi a respeitar a autodeterminação dos povos de um país, não posso ficar me metendo – ressaltou.

Leia também1 Epidemiologista Anthony Fauci deixará cargo em dezembro
2 Bolsonaro mostra "preocupação" e diz: "Vou dar beijo no Bonner"
3 Ministro Paulo Guedes irá com Bolsonaro ao Jornal Nacional
4 Nunes Marques deverá presidir o TSE nas eleições de 2024
5 Morre menina de 5 anos usada como escudo humano por primo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.