Leia também:
X André Valadão mostra parte de vídeo manipulado para atacá-lo

Lula aciona o TSE contra a Jovem Pan por “favorecer Bolsonaro”

Para a campanha do petista, suposto favorecimento violaria a Lei Eleitoral

Henrique Gimenes - 14/10/2022 21h27 | atualizado em 17/10/2022 13h21

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: ANTONIO MOLINA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Nesta sexta-feira (14), a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a Jovem Pan. Em ação protocolada na Corte, o petista quer que o dono da emissora, Antonio Augusto Amaral de Carvalho Filho, seja investigado por uso indevido dos meios de comunicação.

A peça é assinada pelos advogados Cristiano Zanin e Angelo Ferraro e aponta que a Jovem Pan faz uma cobertura favorável ao presidente Jair Bolsonaro. Esse suposto favorecimento violaria a Lei Eleitoral.

De acordo com a campanha de Lula, a emissora passou a ser “uma das principais fontes de fake news nas eleições de 2022″. No documento, os advogados citam diversos exemplos do que seria essa cobertura favorável e afirmam que há “um incontroverso modus operandi de veiculação de desinformação e de tratamento privilegiado” a Bolsonaro.

O documento pede que a Corte determine à emissora o fim do suposto “tratamento privilegiado” e que dê tratamento igual a todos os candidatos. A ação aponta ainda que a Jovem Pan teria recebido um aumento de verba publicitária do governo de Jair Bolsonaro.

Questionado sobre a ação pelo portal UOL, a Jovem informou que sua “cobertura tem isonomia e, por ora, não devemos nada à Justiça”.

Leia também1 Lula e Bolsonaro poderão andar livremente em debate na Band
2 Fake News: TSE deu 37 decisões a favor de Lula e 6 a favor de Bolsonaro
3 Petista diz que igreja evangélica é inimiga da sociedade e violenta
4 Lula diz que Bolsonaro fez um "comício mixuruca" em Recife
5 “Pesquisas apontam empate, mas já viramos”, diz Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.