Leia também:
X Freixo sugere relação do governo e o ataque hacker no site da Saúde

João Doria: “Serei fortemente combativo a Lula e Bolsonaro”

Governador de São Paulo comentou possível escolha do ex-governador por integrar chapa do petista

Paulo Moura - 10/12/2021 15h09 | atualizado em 10/12/2021 15h51

João Doria Foto: Governo do Estado de SP.

Pré-candidato à Presidência da República em 2022 pelo PSDB, o governador de São Paulo, João Doria, comentou a possibilidade de o ex-gestor do governo paulista Geraldo Alckmin disputar o próximo pleito como vice do ex-presidente Lula (PT). Ao jornal O Globo, Doria disse falou em ser combativo tanto contra o petista quanto contra o presidente Jair Bolsonaro.

– Respeito pela trajetória do Geraldo Alckmin, que defendeu a democracia, fundou o PSDB, e, durante 32 anos, o PSDB fez oposição ao PT; histórica, aliás. E agora se associar ao PT e ainda com a perspectiva de ser o vice do Lula? Lamento muito se essa for a opção dele. Estarei numa posição antagônica, e eu serei fortemente combativo a Lula e a Bolsonaro – disse.

Alckmin optou por deixar o PSDB depois que Doria decidiu patrocinar a filiação de Rodrigo Garcia ao partido para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes no próximo ano. Uma parcela da sigla avalia que isso representou uma traição a Alckmin, que seria o “candidato natural” ao posto que ocupou entre 2001 e 2006 e entre 2011 e 2018.

Leia também1 Janaina diz que perfil de Tarcísio seria positivo para São Paulo
2 Lula na Argentina: “Bolsonaro é fascista, e Moro é neofascista”
3 Doria sobre Alckmin ser vice de Lula: "Respeito, mas lamento"
4 Sergio Moro recorre ao STF após ser criticado por Jair Bolsonaro
5 Governo decide adiar restrições para viajantes não vacinados

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.