Leia também:
X Urna é preparada em sindicato e gera polêmica; TRE explica

Ipec: Damares sobe 7 pontos e empata com Flávia Arruda

Duas principais concorrentes ao Senado pelo DF estão com 28% das intenções de voto

Paulo Moura - 28/09/2022 10h10 | atualizado em 28/09/2022 11h51

Damares Alves empatou com Flavia Arruda Fotos: PR/Carolina Antunes // PR/Alan Santos

A nova pesquisa Ipec com as intenções de voto para o Senado pelo Distrito Federal, divulgada nesta terça-feira (27), apontou que as candidatas Damares Alves (Republicanos) e Flávia Arruda (PL) estão empatadas com 28% da preferência do eleitorado. Na comparação com o último levantamento, apresentado no dia 21 de setembro, Damares subiu sete pontos percentuais.

De acordo com os números, a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos saiu de 21% na última semana para 28% nesta terça, enquanto a ex-ministra-chefe da Secretaria de Governo se manteve com 28% nas duas pesquisas. A terceira colocada, Rosilene Corrêa (PT), caiu de 13% para 12% no mesmo período.

O atual levantamento foi a quinta pesquisa de intenção de voto para o Senado do instituto com eleitores do Distrito Federal. As análises anteriores foram apresentadas nos dias 15 e 30 de agosto, e 6 e 21 de setembro. A atual consulta foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-07755/2022.

A pesquisa publicada nesta terça-feira ouviu 1.504 pessoas entre os dias 24 e 26 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

Leia também1 Rússia boicota Oscar e diz que não disputará premiação
2 Urna é preparada em sindicato e gera polêmica; TRE explica
3 Witzel: TSE confirma rejeição à candidatura do ex-governador
4 Ciro rompe até com o irmão e diz que recebeu 'facada nas costas'
5 Michelle Bolsonaro anuncia dia de jejum e oração pelo Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.