Leia também:
X Nobel da literatura, Vargas Llosa diz que jamais votaria em Lula

Ipec, antigo Ibope, mostra Lula com 12 pontos de vantagem

Levantamento afirma que Lula estaria com 44% e Bolsonaro com 32%

Pleno.News - 16/08/2022 10h13 | atualizado em 16/08/2022 13h17

Lula e Jair Bolsonaro Foto: EFE/EPA/Mohammed Badra | Alan Santos/PR

A primeira pesquisa eleitoral feita neste ano pelo Ipec (ex-Ibope), aponta que o ex-presidente Lula (PT) estaria com uma vantagem de 12 pontos percentuais sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL). De acordo com o levantamento, que foi encomendado pela TV Globo, o petista teria 44% da preferência do eleitorado contra 32% do atual chefe do Executivo.

Na comparação com a última pesquisa do Ipec, realizada ainda em dezembro de 2021, Lula aparecia com 48% dos votos e Bolsonaro com 21%. A pré-campanha ainda registrava as pré-candidaturas de Sérgio Moro, então no Podemos, e João Doria (PSDB).

De acordo com os números atuais do Ipec, Ciro Gomes (PDT) tem 6% e Simone Tebet (MDB), 2%. Só Vera Lúcia (PSTU) atingiu mais de 1% entre os demais candidatos. O TSE recebeu o registro de 12 candidaturas, mas um dos partidos – o PROS – anunciou ter desistido para apoiar a do PT.

Contratada pela TV Globo, a pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 14 de agosto e entrevistou 2 mil eleitores presencialmente. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-03980/2022. A pesquisa tem 2 pontos de margem de erro para mais ou para menos.

*AE

Leia também1 Posse de Moraes terá Bolsonaro, Lula, Temer e Dilma Rousseff
2 Propaganda eleitoral começa nesta terça-feira; veja as regras
3 Justiça Eleitoral ordena retirada de painéis contra o comunismo
4 Delegado pediu para investigar Guedes e Aras; Barroso negou
5 Heard contrata novos advogados para apelar contra Johnny Depp

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.