Leia também:
X Amapá: PM prende mulher que fotografou próprio voto na urna

Eleitor de Ciro Gomes é preso após causar tumulto em Cuiabá

O jovem resistiu à prisão e precisou ser algemado

Leiliane Lopes - 02/10/2022 18h16 | atualizado em 02/10/2022 19h51

Primeiro turno das eleições teve algumas situações inusitadas FOTO: TSE/Divulgação

A polícia prendeu um eleitor em Cuiabá (MT) por ter provocado tumulto na manhã deste domingo (2) durante uma sessão de votação em uma escola estadual.

O jovem de 24 anos defendia apoio ao candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) e perturbou os demais eleitores que aguardavam para votar no mesmo lugar que ele.

A equipe que trabalhava na Escola Estadual Dom José do Despraiado, no Bairro Despraiado, chegou a pedir para que o jovem se acalmasse, mas ele insistiu e a polícia precisou agir.

A princípio, o jovem parou de provocar tumulto, mas não por muito tempo. Ao começar a gritar, os policiais lhe deram voz de prisão.

O eleitor que não teve o nome divulgado foi imobilizado e algemado por ter resistido à prisão.

Leia também1 Quem não votou no primeiro turno pode votar no segundo?
2 Bolsonaro aguardará apuração no Alvorada com aliados
3 Eleições 2022: Confira os países em que Bolsonaro ganhou
4 TSE anuncia troca de 3.222 urnas eletrônicas até as 16h
5 Eleitor é preso após colar teclas de urna eletrônica no MS

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.