Leia também:
X “Queiroga melhora da febre, mas tem cansaço”, diz secretário

Eleições 2022: Mandetta afirma que irá se encontrar com Moro

Ex-ministros devem conversar sobre candidaturas à Presidência

Gabriela Doria - 28/09/2021 07h39 | atualizado em 28/09/2021 09h32

Sergio Moro e Luiz Henrique Mandetta durante coletiva Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr

Desafetos do presidente Jair Bolsonaro, os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Sergio Moro se reunirão em um almoço. A pauta do encontro serão as eleições presidenciais do ano que vem – sobre a qual os dois cogitam lançar candidatura.

A reunião foi revelada por Mandetta em declaração ao canal MyNews. O ex-ministro da Saúde afirmou que está participando da articulação para lançar à Presidência o que chamou de “melhor via”.

– Estamos vivendo 2021, mas tem uma agenda que já quer viver o 2º turno de 2022. E 2021 é um ano para construir não a 3ª via, mas a melhor via, que se constrói com debates de propostas e ideias. Errado é quem já está em 2022 ou 2023. A classe política está conversando como nunca. Tem 10 partidos em torno de uma mesa – disse Mandetta.

Mandetta e Moro irão se encontrar nesta quarta-feira (29). No entanto, Mandetta admitiu que não sabe quais rumos a conversa irá tomar. Atualmente trabalhando na iniciativa privada, nos Estados Unidos, Moro chegou recentemente ao Brasil para discutir seu destino político.

– Não sei o que Sergio Moro vai fazer. Não é filiado a partido político, não dialoga com a classe política. Mas pode ser um fator. Amoêdo junto com Moro? Não sei o que pode vir, se pode vir decisão de candidatura – afirmou.

Leia também1 “Queiroga melhora da febre, mas tem cansaço”, diz secretário
2 Bolsonaro: "Insatisfeito comigo? Ano que vem é só mudar"
3 Gilmar nega pedido de Crivella para não se justificar à Justiça
4 Deputados de SP devem votar a criação da CPI da Prevent Senior
5 'Quando os senhores falam mal do Brasil, repercute lá fora'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.