Leia também:
X Filho de técnico do São Caetano morre após acidente

João Doria já admite abrir mão de candidatura em prol de 3ª via

Posicionamento do tucano diverge de falas proferidas por ele nos últimos meses sobre não desistir do pleito

Paulo Moura - 23/02/2022 11h13 | atualizado em 23/02/2022 11h29

Governador João Doria Foto: Divulgação/Governo do Estado de SP

Apesar de, nos últimos meses, ter negado a possibilidade de abrir mão de sua candidatura à Presidência, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), admitiu, em um discurso feito nessa terça-feira (22), a possibilidade de, “mais adiante”, optar por não ser candidato em nome da viabilidade de uma “terceira via”. O tucano não tem passado de 2% nas intenções de voto em pesquisas eleitorais recentes.

– Se chegar lá adiante e, lá adiante, eu tiver de oferecer o meu apoio para que o Brasil não tenha mais essa triste dicotomia do pesadelo de ter Lula e Bolsonaro, eu estarei ao lado daquele ou de quantos forem os que serão capacitados para oferecer uma condição melhor para o Brasil – disse.

Doria, que deu a declaração durante um evento promovido pelo banco BTG Pactual com investidores, afirmou ainda que acredita que sua pré-candidatura, a do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e a da senadora Simone Tebet (MDB) formam um “centro democrático” e que as três devem convergir para um único nome no futuro.

– Hoje [terça, 22] conversei com a Simone Tebet, por quem tenho muita admiração […]. Ela tem de manter a candidatura. O Sergio [Moro] tem de manter a candidatura dele. A nossa também [deve ser mantida]… até o esgotamento do diálogo pelos líderes partidários […] lá adiante, diante das circunstâncias, [para] verificarmos quem pode, quem precisa abrir mão – declarou.

Após a declaração de Doria, o ex-ministro da Justiça e pré-candidato à Presidência Sergio Moro (Podemos) também defendeu a união da chamada “terceira via”, mas disse que “não faz sentido” abrir mão de sua pré-candidatura.

Leia também1 Polícia Federal indicia primo de Davi Alcolumbre por tráfico
2 Deputado com doença rara toma posse na Câmara: "Histórico"
3 STJ pode restringir tratamentos cobertos por planos de saúde
4 Dinheiro esquecido: Saiba quais valores aparecerão em maio
5 Nikolas Ferreira sobre aborto na Colômbia: ‘Inferno em festa’

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.