Leia também:
X Após ataque, Consulado chinês pede ‘investigação minuciosa’

Doria diz que vai buscar mulher para ser vice em sua chapa

Governador ainda precisa vencer as prévias do PSDB

Gabriela Doria - 18/09/2021 16h08 | atualizado em 18/09/2021 16h09

João Doria quer conquista eleitorado feminino Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Tentando conquistar o eleitorado feminino em 2022, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou neste sábado (18) que irá buscar uma mulher para ser vice em sua chapa para as eleições do ano que vem. No entanto, o tucano ainda precisa vencer as prévias do PSDB, que acontecem em novembro.

– Se tivermos oportunidade de vencer, além de dialogar com vários outros partidos, vamos buscar uma mulher para ser vice na chapa do PSDB na Presidência da República – disse o político no encontro do PSDB Mulher, em SP.

Ainda de acordo com Doria, a decisão foi pessoal, e não uma sugestão do partido. O tucano conta com o apoio da presidente nacional do PSDB Mulher, a ex-governadora do Rio Grande do Sul Yeda Crusius.

– O PSDB é conhecido como um partido do muro, mas é porque a gente gosta de subir e olhar os dois lados. Tenho 30 anos de relação com Doria, de política vivida. Eu, pessoalmente, sou João Doria – declarou Yeda.

Em 21 de novembro, o PSDB irá realizar as prévias do partido – evento em que as siglas escolhem o nome a ser lançado como candidato. Doria irá disputar o posto com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; o senador Tasso Jereissati (CE), e o ex-senador Arthur Virgílio (AM).

Leia também1 Famosos irão assistir filme sobre a ascensão de Jair Bolsonaro
2 Bolsonaro elogia ministros: 'Meu time está indo muito bem'
3 Janaina: "A doença autoimune se manifestaria sem a vacina?"
4 Temer: Moraes não recuou em conversa com Jair Bolsonaro
5 Irmãos de Toffoli se tornam sócios de resort no Paraná

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.