Leia também:
X Jovem que assassinou sogra é encontrado morto em prisão

Doria diz que a “incompetência trouxe a inflação de volta”

Em suas redes sociais, pré-candidato do PSDB à Presidência defendeu controle de gastos e reformas

Henrique Gimenes - 11/05/2022 18h00 | atualizado em 11/05/2022 18h15

Presidente Jair Bolsonaro e ex-governador de São Paulo, João Doria Foto: Carolina Antunes/PR

Nesta quarta-feira (11), o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, João Doria, comentou a questão da inflação no Brasil e disse que ela foi ocasionada pela “incompetência”. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que, nos últimos 12 meses, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) teve uma alta acumulada de 12,13%.

Em suas redes sociais, o ex-governador de São Paulo afirmou que o número é o maior desde 1996 e que os mais pobres é quem mais sofrem.

– A inflação dos últimos 12 meses foi de 12,13%. A maior desde 1996. Uma tragédia! A incompetência trouxe a inflação de volta. Atinge duramente os mais pobres, corrói o poder de compra e empurra milhares de famílias para baixo da linha da pobreza – destacou.

Doria deu sugestões de como combater a inflação.

– O combate à inflação exige ferramentas básicas que não vemos hoje: primeiro, o controle do gasto público, com responsabilidade fiscal. Depois, a coragem para fazer as reformas urgentes, como a tributária, gerando investimentos e novos empregos. O Brasil precisa mudar isso – escreveu.

 

As últimas pesquisas eleitorais mostram Doria em quarto lugar, bem distante do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lideram as intenções de voto.

Leia também1 Bolsonaro comenta derrubada de Moraes na redução do IPI
2 Lula: Campanha conclui que não alcançará Bolsonaro nas redes
3 Lula garante que não haverá teto de gastos em seu governo
4 Após "esnobada", Kalil diz querer aliança formal com Lula
5 Visita de Lula em Juiz de Fora é marcada por atos pró-Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.