Leia também:
X Criminoso morre em tiroteio após roubo e fuga

Diferença entre Lula e Bolsonaro cai para 5,5 pontos, diz pesquisa

Instituto Paraná Pesquisas divulgou novos números nesta terça-feira

Paulo Moura - 02/08/2022 16h08 | atualizado em 02/08/2022 16h31

Bolsonaro tem diminuído vantagem para Lula Fotos: EFE/Mario Guzmán // PR/Isac Nóbrega

Números da pesquisa mais recente do Instituto Paraná Pesquisas para presidente da República, divulgados nesta terça-feira (2), apontaram uma redução de meio ponto percentual na diferença entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL). De acordo com o levantamento, os dois estariam separados atualmente por 5,5 pontos percentuais.

Os números da pesquisa estimulada – quando a lista de candidatos é apresentada aos entrevistados – indicam que Lula está com 41,1% das intenções de voto ante 35,6% de Bolsonaro. Na pesquisa divulgada em julho, a diferença entre os dois era levemente maior, com o petista registrando os mesmos 41,1% atuais e o atual presidente com 35,1% da preferência.

Além dos dois primeiros colocados, também são citados na análise estimulada os candidatos Ciro Gomes (PDT), com 7,9%; Simone Tebet (MDB), com 1,8%; e André Janones (Avante), com 1,7%. Os demais concorrentes ao pleito presidencial registraram menos de 1% das intenções de voto.

O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.020 eleitores de 161 municípios brasileiros. As entrevistas foram realizadas nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal entre os dias 28 de julho e 1° de agosto. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-05251/2022. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Leia também1 Menina de 10 anos que sumiu ao ir à padaria é encontrada morta
2 Paes diz que logística de desfile militar em Copacabana é "difícil"
3 China sobre EUA: "Quem brinca com fogo acaba se queimando"
4 Perfil do IBGE é invadido no dia do lançamento do Censo
5 Tebet diz que o PT quis "puxar o tapete" de sua candidatura

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.