Leia também:
X Em Brasília, Bolsonaro recebe repatriados vindos da Ucrânia

Diferença entre Lula e Bolsonaro cai mais de 3 pontos em um mês

Números são da pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 3 e 8 de março

Paulo Moura - 10/03/2022 14h43 | atualizado em 10/03/2022 15h14

Lula e Bolsonaro estão na frente na pesquisa presidencial Fotos: EFE/Mario Guzmán // PR/Isac Nóbrega

Uma pesquisa de intenção de voto para presidente da República divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisas nesta quarta-feira (9) apontou uma redução da diferença entre o ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) entre os meses de fevereiro e março deste ano. De acordo com os números, os dois estariam separados por um intervalo de menos de oito pontos percentuais.

Na análise estimulada feita em fevereiro, Lula aparecia, segundo a pesquisa, com 40,1% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro estava com 29,1% da preferência do eleitorado. Já nos números apresentados nesta quarta, o petista caiu para 39% enquanto o atual presidente da República teve alta de dois pontos percentuais e atingiu a marca de 31,1%.

Entre os outros candidatos, o destaque ficou para a queda acentuada da preferência do ex-juiz Sergio Moro, que viu seu “eleitorado” cair de 10,1% para 7,5% entre fevereiro e março. Enquanto isso, Ciro Gomes (PDT) foi no sentido inverso e subiu pouco mais de um ponto percentual, saltando de 5,6% para 6,9% das intenções de voto.

ANÁLISE ESPONTÂNEA
Na pesquisa espontânea, quando a lista de candidatos não é apresentada ao entrevistado, a diferença entre Bolsonaro e Lula é ainda menor que na estimulada. De acordo com o instituto, Lula teria 25,8% da preferência contra 21,3% de Bolsonaro. Todos os outros candidatos, que incluem nomes como os de Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB), somam, juntos, 5%.

SEGUNDO TURNO
No cenário de segundo turno envolvendo Lula e Bolsonaro, o Instituto Paraná Pesquisas apontou uma queda de quase seis pontos percentuais na diferença entre os dois na comparação entre fevereiro e março. De acordo com os números, o petista caiu de 48,8% para 46%, enquanto Bolsonaro avançou de 34,4% para 37,3%.

A PESQUISA
A pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas foi feita entre os dias 3 e 8 de março, em 164 municípios dos 26 estados e o Distrito Federal, por meio de entrevistas pessoais presenciais com 2.020 eleitores e contendo uma margem de erro de 2,2 pontos percentuais. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o n° BR-06682/2022.

Leia também1 Deputado coleta assinaturas para abertura da CPI do MBL
2 Putin diz que Rússia é capaz de superar sanções ocidentais
3 RJ: Policiais são exonerados após denúncia de Gabriel Monteiro
4 Repatriados vindos da Ucrânia já estão em solo brasileiro
5 Arthur do Val infringiu direito internacional ao fazer coquetéis molotov na Ucrânia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.