Leia também:
X PM tem carro atingido por mais de 30 tiros ao intervir em assalto

Candidato faz piada com morte de Ayrton Senna em propaganda

Claudio Cavalo, do MDB, pediu que os eleitores não o deixassem "morrer na curva"

Paulo Moura - 01/09/2022 10h05 | atualizado em 01/09/2022 12h35

Candidato fez piada com morte de Ayrton Senna Foto: Reprodução/Twitter

Um candidato a deputado estadual no Rio Grande do Sul causou polêmica após fazer, durante sua propaganda no horário eleitoral, uma piada com referência ao acidente que matou o ex-piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna. No programa, exibido nas emissoras de rádio e TV, Claudio Cavalo, do MDB, pediu que os eleitores não o deixassem “morrer na curva”.

– Não quero ser o Ayrton Senna da política. Não me deixe morrer na curva. É “nozes” – disse o candidato.

Após ser duramente criticado na internet, o postulante a deputado estadual disse que não teve a intenção de desrespeitar a memória de Ayrton e ressaltou que o piloto é seu “ídolo”. Claudio ainda declarou que as críticas seriam motivadas por um “erro de comunicação”.

– Peço desculpas se alguém ficou triste, mas não foi a intenção (…). [Minha] intenção foi de que não adianta eu lutar, batalhar, tenho trabalhado pelo povo aqui e se o pessoal agora não votar [em mim] para deputado estadual, não vai ter fruto esse trabalho – afirmou.

Senna morreu no dia 1° de maio de 1994 após sofrer um acidente no Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, na Itália. O carro que o piloto conduzia colidiu violentamente contra o muro de concreto na curva Tamburello. O brasileiro chegou a ser levado para o hospital, mas posteriormente foi declarado morto.

Leia também1 ONU: Relatório aponta violações de direitos humanos na China
2 PM tem carro atingido por mais de 30 tiros ao intervir em assalto
3 Criança de 1 ano e 7 meses morre durante atividade em creche
4 PF encerra investigação e diz que não encontrou provas de propinas da Odebrecht a Renan Calheiros e Romero Jucá
5 Bolsonaro diz que Petrobras deve anunciar “boa notícia” em breve

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.