Leia também:
X Gabriel Monteiro: “Deus me deu o mandato, Deus tomou”

Bolsonaro e Lula ficarão lado a lado em debate na Band

Posição dos candidatos foi definida por meio de sorteio

Monique Mello - 19/08/2022 11h14 | atualizado em 19/08/2022 11h43

Debate presidencial na Band será dia 28 de agosto Foto: Reprodução/Band

Na noite desta quinta-feira (18), foi definida, por meio de sorteio, a ordem com a qual os candidatos à Presidência da República ficarão posicionados durante o debate a ser realizado no próximo dia 28 de agosto, às 21h. Os dois principais candidatos, Bolsonaro e Lula, ficarão lado a lado. O debate será em formato pool formado pela Band, UOL, Folha de São Paulo e Cultura.

Da esquerda para a direita, a ordem será da seguinte maneira: Luiz Felipe D’Ávila (Novo), Soraya Thronike (União), Simone Tebet (MDB), Jair Bolsonaro (PL), Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT).

A ocasião será a primeira vez em que os presidenciáveis das eleições atuais estarão frente a frente em um debate.

Fernando Mitre, diretor de jornalismo da Band, acredita que será “um momento absolutamente histórico”.

– Com as regras que foram aprovadas e a produção que já está avançada, a conclusão é que teremos um momento absolutamente histórico aqui na Band no dia 28 (…). Um debate em que eleitores verão pela primeira vez e com todas condições possíveis para comparar, observar estilos, ideias, programas, porque os candidatos estarão muito à vontade. As regras permitem a eles um espaço adequado pra que eles exponham suas ideias e seus programas – declarou.

Leia também1 Em busca de votos, candidaturas 'usam' nomes de presidenciáveis
2 Bolsonaro: "Melhor participar de programa do que de debate"
3 Trajano: "Lula não me chamou para vice, mas Ciro chamou"
4 Bolsonaro tem quase 30 milhões de seguidores a mais que Lula
5 Dor de cotovelo? Ciro chama Bolsonaro no Flow de "vergonhoso"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.